HARLEY DAVIDSON SOFTAIL DELUXE

  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29
  • 29

MOTOR | PERFORMANCE

  • ANO FAB.: 2015
  • MODELO FAB.: 2016
  • MARCA: HARLEY
  • MODELO: HARLEY DAVIDSON SOFTAIL DELUXE
  • COR: AZUL
  • PORTAS:
  • QUILOMETRAGEM: 4277
  • MOTORIZAÇÃO: Dois cilindros em “V”, Twin Cam 96, refrigerado a ar
  • ALIMENTAÇÃO: ND
  • COMBÚSTIVÉL: GASOLINA
  • POTENCIA (cv):
  • CILINDRADA (cm3):
  • TORQUE (Kgf.m): 12,23
  • VELOCIDADE MAXIMA (Km/h):
  • TEMPO 0-100(Km/h):
  • CONSUMO CIDADE (Km/L):
  • CONSUMO ESTRADA (Km/L):
  • OBSERVAÇÕES GERAIS: Por Leandro Alvares Em 18/08/2008

    #
    Harley Deluxe ao estilo retrô
    AnteriorPróxima

    Aldo Tizzani

    Para encarar a estrada muitos motociclistas precisam de pretexto e de companhia. Então, no sábado, 2 de agosto, mais de 200 harleyros rodaram de São Paulo até Aparecida, que fica no Vale do Paraíba, a 160 km da capital, para acompanhar a missa comemorativa dos 80 anos da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

    Para esta missão sacra, foi convocada a HD Softail Deluxe, a moto mais retrô da linha norte-americana à venda no Brasil, que custa cerca de R$ 57.900,00.

    Com pista livre o tempo inteiro, já que o grupo foi escoltado pelos batedores da PRF, a Deluxe desfilou tranqüilamente pela rodovia Presidente Dutra.

    No melhor estilo anos 1950, essa Harley chama a atenção pelo seu visual: pintura em duas cores, pneus faixa branca, faróis auxiliares, pedaleiras plataforma para o piloto, pára-lamas encorpados, lanterna traseira estilo “capelinha”, banco tipo sela e muitos cromados.

    Na parte ciclística, receita tradicional: garfo telescópico na dianteira e amortecedores hidráulicos montados horizontalmente e escondidos sob o motor. Na estrada, o conjunto atua em perfeita harmonia, copiando bem as irregularidades do piso.

    Como esta moto não foi feita para correr, mas sim para curtir cada momento, cada paisagem, a HD Deluxe conta com disco simples em ambas as rodas. O sistema está de acordo com sua proposta estradeira e mais “easy-rider”.

    Motor

    A moto está equipada com o tradicional motor “V2” da Harley-Davidson. O propulsor, todo cromado, esbanja força: são 12,23 Kgf.m de torque máximo já nas 3300 rpm. Ou seja, a moto tem muito torque em baixas rotações, nas “arrancadas”, como também nas retomadas.

    Neste passeio até Aparecida, a moto rodou na velocidade de cruzeiro de 100 km/h. Para ajudar nesta missão, o Twin Cam 96, de 1584 cm³, conta com injeção eletrônica de combustível e câmbio de seis velocidades. Detalhe: a sexta é over-drive, ou seja, na última marcha parece que acalma o motorzão V-Twin, que trabalha com giro mais baixo, oferecendo conforto e economia.

    Falando nisso, o consumo médio foi de 20 km/l. Detalhe: o propulsor é o mesmo que equipa a linha Touring (Road King, Electra Glide e Ultra Classic). Está apoiado em coxins e sem balanceiro e, assim, a vibração do motor em marcha lenta é minimizada com a moto em movimento.

    Conforto

    Para quem está pilotando, a moto é bastante confortável. O motociclista vai sentado em um belo banco tipo sela, de espuma densa, e pode ficar horas sobre essa máquina. Já a garupa, coitada da garupa. A carona fica se equilibrando sobre uma “marmita”, com espuma dura e estreita (coitada da Simone, minha esposa, que encarou este desafio bravamente). Ainda bem que a HD têm uma infinidade de acessório para deixar a Deluxe mais “família”. Se você, mototurista, viaja sempre acompanhado, a dica é substituir o banco original por outro mais largo, como o da H-D Fat Boy. Além disso, a instalação do encosto (sissy-bar) e, assim, a viagem vai ser mais prazerosa. Como item de série, a Deluxe traz um prático bagageiro.

    No painel de instrumentos, colocado sobre o tanque de combustível, o motociclista terá várias informações: Velocímetro eletrônico com hodômetro total e dois parciais, relógio, farol alto, luzes indicadoras do ponto morto, de baixa pressão do óleo e reserva; piscas, luz de diagnóstico do motor, sistema de segurança e sexta marcha (overdrive). Quando acionada, o número “6” aparece no canto inferior direito do painel.

    A moto tem garantia de dois anos sem limite de quilometragem. A primeira revisão é feita com 1.600 km; as seguintes, a cada 8.000 km.

    Ficha Técnica

    Motor: Dois cilindros em “V”, Twin Cam 96, refrigerado a ar
    Torque máximo: 12,23 Kgf.m a 3300 rpm
    Capacidade cúbica: 1584 cm³
    Diâmetro x curso: 95.3 mm x 111.1 mm
    Sistema de alimentação: Injeção Eletrônica de Combustível Seqüencial (ESPFI)
    Relação de compressão: 9.2:1
    Sistema de partida: Elétrica
    Câmbio: Seis velocidades
    Transmissão final: Correia dentada
    Capacidade do tanque: 18,9 litros
    Chassi: De aço tubular de secção quadrada na trave principal
    Suspensão dianteira: Telescópica, com 130 mm de curso
    Suspensão traseira: Amortecedores hidráulicos com regulagem de pré-carga, com 109 mm de curso
    Freio dianteiro: Disco simples de 292 mm, com quatro pistões
    Freio traseiro: Disco simples de 292 mm, com dois pistões
    Roda/pneu dianteiro: D402F MT90-16 72H, Dunlop, com faixa branca
    Roda/pneu traseiro: D402 MU85B16 77H, Dunlop, com faixa branca
    Dimensões (c x l x a): 2400 mm X 980 mm X 1115 mm
    Distância entre-eixos: 1635 mm
    Altura do assento: 622 mm
    Altura ao solo: 122 mm
    Peso seco: 313 Kg

DIMENÇÕES | MECANICA

  • ALTURA (mm):
  • LARGURA (mm):
  • COMPRIMENTO (mm):
  • ENTRE-EIXOS (mm):
  • PESO (Kg): 313
  • TANQUE (L):
  • PORTA-MALAS (L):
  • UCUPANTES:
  • CAMBIO: SEIS VELOCIDADES
  • TRAÇÃO:
  • FREIOS: FREIO DIANTEIRO: DISCO SIMPLES DE 292 MM, COM QUATRO PISTõES FREIO TRASEIRO: DISCO SIMPLES DE 292 MM, COM DOIS PISTõES
  • SUSPENSÃO DIANTEIRA:

    TELESCóPICA, COM 130 MM DE CURSO

  • SUSPENSÃO TRASEIRA:

    AMORTECEDORES HIDRáULICOS COM REGULAGEM DE PRé-CARGA, COM 109 MM DE CURSO

FICHA TECNICA | ITENS DE SERIE


O Veiculo que esta procurando nao tem em nosso site ?

Envie sua solicitação sem compromisso para nossa central de atendimento.